sábado, 3 de maio de 2008

Ciranda do ILS não tem o Nedson

A carência de um instrumento chamado ILS no aeroporto de Londrina está cada vez mais evidente. Qualquer pingo de chuva na cidade é motivo para a suspensão de pousos e decolagens (tá certo que a gente exagera um pouco, mas é por aí...).
***
O ILS (Instrument Landing System) é um moderno sistema de aproximação de aeronave e de precisão de vôo que garante bastante segurança nos pousos e decolagens. Desde agosto do ano 2000 discute-se, via imprensa, a instalação do instrumento, que até chegou a ser adquirido para Londrina ao preço equivalente a 556 mil dólares.
***
Mas a demora da Prefeitura em desapropriar e entregar à Infraero parte dos imóveis vizinhos à pista, para a sua instalação e ampliação da pista, fez com que o equipamento fosse destinado para outra localidade. E isso aconteceu faz tempo, não recentemente, como insinuou mês passado o deputado federal Barbosa Neto, do PDT.
***
Agora, o jornalista Fernando Brevilheri, da Rádio Paiquerê AM, acha que falta união política para a conquista do ILS, e diz que deputados, senadores e Prefeitura devem lutar juntos pela causa.
***
Concordo em parte com Brevilheri. O problema é que o prefeito Nedson Micheleti, que é do mesmo partido do atual mandatário do país, não participa da roda.
Sabe aquela rodinha de pessoas onde todos dão as mãos para girar? Então, todo mundo deu as mãos em torno do ILS, todos os políticos locais, menos o lerdo do Nedson, aí não tem ciranda que acontece!
***
A questão é bem objetiva: por força de lei, a Prefeitura precisa entregar alguns imóveis para o aeroporto instalar e operar o equipamento. Ponto final.

Nenhum comentário: