quarta-feira, 9 de julho de 2008

Rei na barriga

O estrelismo de algumas figurinhas da grande imprensa nacional incomoda e mostra que a hipocrisia no jornalismo é tão grande quanto na política, no meio artístico e em outros badalados segmentos profissionais.
***
Uma professora de Londrina, por exemplo, tentou, tentou, tentou até que conseguiu falar com o consagrado Gilberto Dimenstein, da “Folha de S. Paulo”. Ela queria um favor ou mesmo uma indicação (uma dica, que fosse) para uma obra literária que ela havia publicado.
***
Dimenstein mal atendeu o telefone. Disse que estava com pressa e pediu pra encaminhar a solicitação por email – o que foi feito – e que assim que ele tivesse uma posição sobre o pedido ele retornaria.
Isso já faz mais de 20 dias... Pelo jeito, a dedicada professora é irrelevante para certas pessoas.
***
Existem jornalistas por aí que precisam tirar o rei da barriga.

2 comentários:

Documentos disse...

Pô, o cara lança um blog e não avisa os amigos? Já adicionei ao Paçoca.

Marcelino disse...

kkk, agradeço, Claudião! Mas eu não estou divulgando porque ainda está em "caráter experimental". Existe um pequeno grupo de 14 pessoas (agora 15, com prazer!) que recebem, avaliam e depois me criticam/elogiam (?!) por telefone.
Conte comigo!
Abraços e seja bem vindo!