sábado, 25 de outubro de 2008

No Momento está certo

O jornalista londrinense Carlos Arruda, o “Carlão”, acertou na veia ao comentar, em seu blog “No Momento”, o debate Belinati-Hauly ocorrido ontem à noite na TV Coroados (Globo). Um debate chato, sem consistência nas propostas.

***
Carlão também falou dos naturais apoios dos jornais norte-americanos aos candidatos à presidência dos EUA, e alfinetou a situação da imprensa londrinense no que diz respeito a abraçar individualmente as causas dos candidatos - um assunto que já abordamos aqui.
Concordo com ele em gênero, número e grau.
Veja o que ele escreveu:

“O debate de Belinati e Hauly na Globo foi ficando chato depois do segundo bloco. A fórmula dos debates está cansando. A pretexto de informar a opinião pública os candidatos se submetem a uma maratona insana de debates durante a campanha. Os debates duram horas e às vezes são assistidos por três gatos pingados. As regras contribuem para tornar o espetáculo maçante.
Talvez um ou dois debates, com os órgãos de comunicação entrando em cadeia livremente pudesse ser uma solução.
Ontem na Globo, para variar, Hauly estava nervoso e Belinati sarcástico.

000-000-000

O New York Times acaba de anunciar em editorial que apóia Barak Obama. São mais de 129 jornais nos Estados Unidos que já fizeram a sua opção por um dos candidatos à Casa Branca. É normal para eles. No Brasil, já se tentou fazer o mesmo. Na eleição presidencial de 2002, a revista Exame disse com todas as letras que apoiava José Serra. Seguiu o pensamento de seus leitores, a maioria empresários.
E em Londrina? Nossa imprensa parece retroceder no tempo assumindo-se mais provinciana do que nunca. Às vezes se deixa manipular por um dos lados, em outras se fecha em copas (a cobertura das eleições é incrivelmente omissa). A dissimulação da imprensa de uma maneira geral agride o senso crítico dos leitores.”

Nenhum comentário: