sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Time sem Paraná. Time sem respeito













Alô, imprensa paranaense: vamos pegar no pé dos Malucelli!!!

O inexpressivo J. Malucelli fez uma insólita jogada de marketing ao se transformar no Corinthians “Paranaense”.
Até aí, nada demais. Aquele clube é uma empresa privada e, como tal, os seus donos fazem o que querem dele.
***
Mas eu fico encafifado com o novo brasão, a logomarca do time. Acho o símbolo errado e muito contraditório por conta de um paradoxo descomunal que atenta contra a cultura paranaense: no meio da marca do time do Paraná há a bandeira do Estado de São Paulo (originária do verdadeiro Corinthians).
***
A explicação para não se trocar pela bandeira paranaense é inusitada e evidentemente carregada de paixão. Como na bela bandeira paranaense predomina o verde, os diretores do time paulista, detentor da marca, a proibiram por causa do rival Palmeiras, o “Verdão”.
***
Quanta bobagem!!!
Puritanismo e preconceito à parte, acho particularmente uma falta de respeito e de consideração. O “Jotinha” pode até virar Corinthians, não tem problema (embora a qualidade da equipe esteja mais afinada com a do popular Íbis...), mas tem que ostentar alguma referência ao seu Estado, o PARANÁ! O time é da região de Curitiba, os seus donos são daqui e o time faz fama aqui, no Paraná, então obviamente tem que propagar os ícones paranaenses. Ou então não mostre ícone algum.
***
Se não querem trocar de bandeira por causa dos palmeirenses, então substituam o miolo do brasão corintiano por outra bandeira qualquer, até uma bem estilizada, se quiserem, mas não deixem a bandeira de São Paulo lá (nada contra os paulistas... eu mesmo sou um deles, rsrs). É errado, é anticultural e não contribui com nada para a valorização da nossa terra. A empresa J. Malucelli é daqui e é aqui que eles ganham dinheiro, então tem que ter mais consideração!

Vamos pegar no pé deles, gente!!!
***
PS. Andei pesquisando e achei um tal de Corinthians “Alagoano”. Olhe a bandeirinha deles... o brasão ficou até simpático!

Parabéns, Alagoas!

3 comentários:

Rômulo Cerqueira Lopes disse...

Vc fez uma análise bastanta apropriada do caso, Marcelino.

Diana Moraes disse...

Palmeeeirasss
Olha ficaria muito engraçado o distintivo do curingão recheado pela bandeira verde-e-branca do Paraná

Maurício Bueno disse...

Podiam transformar o Iraty na Sociedade Esportiva Palmeiras do Paraná.