terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

A Folha e os produtos piratas

Vejo com entusiasmo a causa da “Folha de Londrina” pela redução da pirataria. Em abril do ano passado, o Editorial do Jornal alertou para o problema argumentando que o aumento na venda de produtos piratas baratos era incentivado pelo alto preço dos produtos originais. Na prática, o povo pratica a fórmula elementar de toda a economia de mercado: a “lei da oferta e procura”, onde o preço mais em conta, evidentemente, vence.
***
E não é que a Folha praticamente repetiu aquele Editorial na edição do último domingo, dia 22?
Gostei de ver porque nós mesmos, aqui neste blogue, estamos comentando a questão desde dezembro de 2007.
***
Agir contra a pirataria somente através de uma política de repressão é simplista demais e não resolve, assim como não resolve apelar para a consciência do coletivo através de campanhas e mais campanhas. O buraco é mais embaixo. De fato, a alta carga tributária dos originais é a base de todo o problema.

Nenhum comentário: