quinta-feira, 12 de março de 2009

Cuidado com as contrainformações

Infelizmente temos veículos e jornalistas que algumas vezes enveredam pela contrainformação e, por serem “famosos”, acabam angariando um público cativo.
O controvertido jornalista curitibano Fábio Capana, que sempre transitou nas esferas do poder central paranaense e possui um blogue muito acessado, volta e meia está aí.
***
Ontem ele postou na sua page a informação de que os caciques do PTB estadual decidiram pela candidatura de Barbosa Neto no “terceiro turno” londrinense, quando a Executiva do partido, na verdade, ainda não se pronunciou a respeito. O apoio ao Barbosa - dizem os petebistas - deu-se apenas no primeiro turno, em outubro passado.
Em outras palavras: o jornalista usou informações de fontes duvidosas e não as checou com o diretório do partido no Estado.
***
Um comunicado do PTB estadual foi encaminhado ao jornalista para retificação e publicação, mas nada saiu até agora. Um contato telefônico também foi feito para “reforçar” o pedido, e a informação, passada por uma das jornalistas da sua equipe, é a de que ele mesmo avaliou que não era o caso de publicar o comunicado oficial do PTB...
Como assim? Não pode, tem que dar direito de resposta!
***
Mas vamos aos fatos:

Amanhã ou depois o PTB pode apoiar Barbosa Neto? Pode sim.
Amanhã ou depois o PTB pode apoiar Luiz Carlos Hauly? Pode sim.
Amanhã ou depois o PTB pode decidir ficar neutro? Pode sim.
Amanhã ou depois o PTB pode liberar os seus correligionários? Pode sim...

... mas enquanto não se tiver uma confirmação (ainda que oficiosa) não se pode divulgar uma informação do gênero para não confundir ou desinformar o (e)leitor.
Se aquele jornalista curitibano tivesse esta informação do apoio petebista a Barbosa confirmada por um dos diretores do partido no Estado (mesmo que sob sigilo), aí sim: divulgue-se! Mas não foi o que aconteceu.

Nenhum comentário: