quinta-feira, 21 de maio de 2009

Cuidar da natureza é pouco

Hoje, o mundo e a mídia dão uma importância sobremaneira para as catástrofes naturais, como aquecimento global, desmatamento de florestas, extinção de animais.
***
Aparentemente tudo faz parte de uma orquestração voltada para a conscientização das pessoas e principalmente das autoridades.
***
Considero natural tamanha campanha, completamente globaliza, mas a paranoia mundial em torno do meio ambiente cega para outros problemas tão importantes quanto: o esgotamento, por exemplo, das nossas reservas minerais. Isso mesmo: ninguém fala que o cobre (usado em fios e cabos) vai durar 20 anos; que o lítio (baterias) tem 46 anos; que a platina (carros) tem 42 anos; que o níquel (aparelhos celulares) vai durar 57 anos; e que o chumbo (pilhas) tem apenas 8 anos de exploração.
***
São dados preocupantes, que foram oportunamente divulgados pela conceituada revista “Superinteressante”.

Nenhum comentário: