sábado, 5 de setembro de 2009

Pelo controle efetivo das ONGs

O editorial da “Folha de Londrina” de hoje aborda, com bastante propriedade, a problemática dos recursos públicos destinados às chamadas Organizações Não-Governamentais – que na prática mais parecem Organizações “Neo” Governamentais.
Tenho muitas restrições a este sistema de gestão.
***
A suspeição sobre muitas ONGs não é de hoje neste blogue. Já foi abordada duas vezes: uma em torno da análise feita pelo ex-prefeito do Rio, César Maia, e outra em torno da Proposta de Emenda à Constituição citada pelo deputado estadual paranaense Durval Amaral (DEM).
***
Mas a Folha de Londrina colabora bastante com a opinião pública quando fala que precisamos aplicar eficientes instrumentos de fiscalização.
Ela também diz da necessidade de transparência nas contas e do “contínuo controle” do repasse dos recursos públicos.
De quebra, propõe um disciplinamento mais rigoroso do sistema.
Leia lá e confira.

Nenhum comentário: