sábado, 3 de abril de 2010

Censura vale a pena?

Uma pergunta: o fato de o “Estadão de S. Paulo” estar há 246 dias sob censura – tanto tempo assim – não acaba depondo contra o próprio jornal?
***
O tradicional impresso de São Paulo, dos mais conhecidos do país, alardeia e usa a censura como autopromoção, mas eu tenho a impressão de que esta campanha tem limite, só vale até certo ponto. Depois de 200 dias, não sei não, acho que campanha pela autovalorização cai no descrédito.
Daqui há pouco o jornal vai comemorar "dez anos" de censura enquanto os concorrentes estão livres, e aí? No mínimo, o valor moral da censura perde a graça.

Nenhum comentário: